Náusea: um dos principais sintomas de pacientes em tratamento de quimioterapia

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

POR FERNANDA S BORTOLON

Nutrição Clínica e Oncológica – CRN2 6210

Instagram: @nutrioncofernandabortolon

A náusea é um dos sintomas mais comuns dos pacientes oncológicos em quimioterapia. Alguns quimioterápicos provocam mais do que outros. Quer conhecer algumas dicas para ajudar a melhorar esse desconforto?

– É fundamental o uso de antiemético prescrito pelo oncologista conforme orientação médica;

– Gengibre: estudo publicado vem mostrando o benefício deste rizoma em potencializar a ação do antiemético melhorando a náusea. O gengibre pode ser usado na forma de chá, em saladas, como tempero de comida e em sucos; balinhas de gengibre são ótimas e pode ser oferecido também em cápsulas, conforme prescrição do seu nutricionista, para aqueles que não gostam de gengibre;

– Chá de gengibre (sem açúcar). Lave bem a raiz do gengibre. Corte em pedaços pequenos ou rale a raiz. Enquanto isso, leve a água em fogo alto até ferver. Adicione o gengibre à água e tampe a panela, abaixando um pouco o fogo. Aguarde de 5 a 10 minutos para tirar do fogo. Coe e sirva. Beba quente, frio ou gelado, 3x/dia.

Evitar ao máximo períodos prolongados de jejum. O jejum é o horário que mais a náusea está presente;

Evitar alimentos muito quentes e preferir os frios e gelados.  A temperatura quente estimula a náusea nesses casos. Até o chá nesse momento deve ser tomado frio ou gelado;

Alimentos secos são mais aceitos: torradas, farofa, biscoitos de arroz, tapioca, chips de verduras;   

 – Ao alimentar-se, procurar estar em local calmo, tranquilo, agradável, que possibilite relaxamento;

Evitar alimentos gordurosos e frituras em geral;

Evitar preparações e alimentos muito doces;

– Ingerir líquidos e ter atenção à hidratação;

– Manter a higiene oral adequada;

– Mastigar ou chupar gelo 40 min antes das refeições;

Dicas preciosas: Cheirar cascas de frutas cítricas (limão e tangerina), devido a presença de monoterpenos; Pêra ou maçã cozidas (pode ser no micro-ondas igual fruta para bebê) amassada ainda morna com gengibre ralado. 

Algumas receitinhas que podem auxiliar neste período

Limonada com Gengibre

Ingredientes:

  • 250ml de água gelada, pode ser água de coco
  • 1 limão médio
  • 1 colher de gengibre ralado.

Modo de Preparo: Bater todos os ingredientes no liquidificador e servir. Rende 300ml.

Suchá de hortelã, erva doce e abacaxi

Ingredientes:

  • 1 xícara de chá de hortelã
  • ½ xícara de chá de erva doce
  • 1 fatia média de abacaci.

Modo de Preparo: Bater todos os ingredientes no liquidificador, coar e servir. Rendimento 350ml.

Suchá de erva-cidreira, gengibre e limão

Ingredientes:

  • 2 xícaras de chá de erva-cidreira
  • 4 fatias finas de gengibre
  • Suco de 1 limão

Modo de Preparo: Bater todos os ingredientes no liquidificador, coar e servir. Rendimento: 300ml.

Suchá verde com pêra

Ingredientes:

  • 1 xícara de chá verde
  • 1 pêra

Modo de Preparo: Bater todos os ingredientes no liquidificador, coar e servir. Rendimento: 300ml

Geladinho de frutas no palito

300g de iogurte grego natural

150ml de leite de coco

1 colher de sopa de mel

4 fatias laranja

3 morangos em rodelas

40g de manga em cubos

1 colher de sopa de mirtilo, morango, framboesa ou amora

Modo de Preparo:

Misture o iogurte, o leite e o mel até obter uma consistência cremosa. Reserve. Distribua a fruta nas forminhas de picolé ou forminhas de gelo, colocando em cada um uma variedade de fruta. Leve ao congelador por cerca de 3 horas.

Mais para explorar

Assine nossa newsletter

Ao navegar neste site, você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência. Saiba mais no nosso termos de uso política de privacidade